Maravilhas de Deus – Homilias de um Bispo

Preço: 10, 00€

Ver

Onomatopeias do Teu Nome

Preço: 5,00€

Ver

Agenda Litúrgica 2018

Preço: 9,50€

Ver

O Espírito da Liturgia

Preço: 4,00€

Ver

Celebrar o Dom da Graça

Preço: 4,00€

Ver

Cânticos do Ordinário da Missa

Preço: 10,00€

Ver

Porto: Universidade Católica promove pós-graduação em Música Sacra

A Escola das Artes e a Faculdade de Teologia, da Universidade Católica Portuguesa (UCP) –Porto, estão a promover uma nova edição da Pós-Graduação em Música Sacra, que tem “início previsto” para o mês de outubro.

Continuar a ler

Ciclo de Música Sacra de Bragança 2017

A quinta edição do Ciclo de Música Sacra de Bragança, sob a alçada do Conservatório de Música e Dança de Bragança, decorrerá entre os dias 06 e 10 de setembro de 2017.

Continuar a ler

A propósito da tradução litúrgica de uma palavra do Salmo 47 (46)

Tenho reparado na tradução de um dos versículos do salmo responsorial (Salmo 46) que se canta na Missa da Ascensão do Senhor: “…o Senhor, o Altíssimo, é terrível”. Verifico que o mesmo Salmo 46 aparece, com essa mesma tradução, noutros cânticos litúrgicos dos Padres Manuel Luís, Fernandes da Silva, Ferreira dos Santos, Carlos Silva. Mas encontrei algumas honrosas/felizes excepções, onde a palavra “terrível”, é assim substituída: “… o Senhor, o Altíssimo, é Sublime”, “… o Senhor é “excelso” e “portentoso”. Consultando um dicionário verifico que à palavra “terrível” são atribuídos os significados seguintes: “que inspira terror”; “medonho”; “assustador”; “extraordinário”; “grande”; “forte”; “violento”; “muito mau”. Com excepção de três destes significados, todos os demais são desagradáveis de ouvir, pelo sentido negativo que a palavra “terrível” inspira, se aplicada a Deus, que é “bondade”, “amor” e “misericórdia”. Então parece-me uma grande contradição continuarmos a cantar que “… o Senhor, o Altíssimo, é terrível” e, por isso, parece-me razoável que no Salmo 46 fosse substituída a palavra “terrível” por uma das que apontei atrás: “sublime”, “excelso”, “portentoso” ou outra de significado semelhante.

Continuar a ler