Liturgia diária

Agenda litúrgica

2017-12-04

SEGUNDA-FEIRA da semana I

S. João Damasceno, presbítero e doutor da Igreja – MF
Roxo ou br. – Ofício da féria ou da memória.
Missa da féria ou da memória, pf. I do Advento.

Toma-se o Leccionário ferial (Advento – IV).

L 1 Is 2, 1-5;Sal 121 (122),1-2.3-4ab.4cd-5.6-7.8-9
Ev Mt 8, 5-11

* Na Arquidiocese de Braga (Cidade) – I Vésp. de S. Geraldo.
* Na Ordem Franciscana (Comunidade de Braga) – I Vésp. de S. Geraldo.

 

 

Santo

S. JOÃO DAMASCENO, presb. e dout. da Igreja

 

 

Martirológio

São João Damasceno, presbítero e doutor da Igreja, insigne pela sua santidade e doutrina, que lutou ardorosamente com a sua palavra e seus escritos contra o imperador Leão, o Isáurico, em defesa do culto das sagradas imagens e, tornando-se monge na laura de São Sabas, perto de Jerusalém, compôs hinos sagrados e ali morreu. O seu corpo foi sepultado neste dia.

 

2.   Comemoração de Santa Bárbara, que, segundo a tradição, foi virgem e mártir em Nicomédia, na actual Turquia.

3.   Em Alexandria, no Egipto, Santo Héraclas, bispo, discípulo de Orígenes, seu colaborador e sucessor na escola catequética, que adquiriu extraordinária fama e depois foi eleito para dirigir esta sede episcopal.

4.   Em Sebastopol, no Ponto, na hodierna Turquia, São Melécio, bispo, que, embora já famoso pela sua erudição, foi ainda mais eminente pela sua virtude e integridade de vida.

5.   Em Bolonha, na Emília-Romanha, região da Itália, São Félix, bispo, que tinha sido diácono com Santo Ambrósio na Igreja de Milão.

6*.   Em Vienne, na Gália Lionense, na actual França, Santo Apro, presbítero, que, deixando a sua pátria, construiu para si uma pequena cela e seguiu a vida solitária e penitente.

7*.   No território de Bourges, na Aquitânia, também na hodierna França, São Sigirano ou Sirano, monge, peregrino e abade de Longoret.

8*.   Em Le Mans, na Nêustria, hoje também na França, Santa Adraílde ou Ada, abadessa do mosteiro de Santa Maria.

9*.   No mosteiro de Ellwangen, na Baviera, região da Alemanha, São Sola ou Sualo, presbítero e eremita.

10.   Em Poliboto, na Frígia, na hodierna Turquia, São João, chamado o Taumaturgo, bispo, que se empenhou intensamente contra o decreto do imperador Leão o Arménio a favor do culto das sagradas imagens.

11.   No mosteiro de Siegburg, na Renânia, região da Alemanha, Santo Anónio, bispo de Colónia, homem de exímio talento, que, durante o reinado do imperador Henrique IV, teve uma actuação de grande prestígio, tanto na Igreja como nos assuntos civis e, para aumentar a fé e a piedade, fomentou a construção de muitas igrejas e mosteiros.

12.   Em Salisbury, na Inglaterra, Santo Osmundo, bispo, que, acompanhando o rei Guilherme, se trasladou da Normandia para a Inglaterra, e, promovido ao episcopado, celebrou a dedicação da igreja catedral e promoveu a administração da diocese e a dignidade do culto divino.

13.   Em Parma, na Emília-Romanha, região da Itália, São Bernardo, bispo, que, sendo monge, procurou sempre a vida de perfeição, como cardeal o bem da Igreja e como bispo a salvação das almas.

14*.   Em Sena, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, o Beato Pedro Pectinário, religioso da Ordem Terceira de São Francisco, insigne pela sua peculiar caridade para com os pobres e os enfermos, bem como pela sua vida de humildade e silêncio.

15*.   Em Edo, localidade do Japão, os beatos mártires Francisco Gálvez, presbítero da Ordem dos Frades Menores, Jerónimo de Ângelis, presbítero, e Simão Yempo, religioso, ambos da Companhia de Jesus, que foram queimados vivos em ódio à fé.

16♦.   Em Tóquio, no Japão, o Beato João Hara Mondo, religioso da Ordem Terceira de São Francisco e mártir.

17*.   Em Colónia, na Renânia da Prússia, hoje na Alemanha, o beato Adolfo Kolping, presbítero, que, ardentemente solícito para com os trabalhadores e a justiça social, fundou uma associação de jovens operários e a difundiu em muitos lugares.

18.   Em Verona, na Itália, São João Calábria, presbítero, que fundou a Congregação dos Pobres Servos e das Servas da Divina Providência.