Liturgia diária

Agenda litúrgica

2018-02-03

SÁBADO da semana IV

Santa Maria no Sábado – MF
S. Brás, bispo e mártir – MF
S. Anscário, bispo – MF
Verde, verm. ou br. – Ofício da féria ou da memória.
Missa à escolha (cf. p. 18, n. 18).

L 1 1 Reis 3, 4-13; Sal 118 (119), 9-10. 11-12. 13-14
Ev Mc 6, 30-34

* Na Diocese de Viana do Castelo – S. Brás, bispo e mártir – MO
* Na Ordem Agostiniana – B. Estêvão Bellesini, presbítero – MO
* Na Ordem Beneditina – S. Anscário – MF; S. Brás – MF
* Na Congregação da Apresentação de Maria – B. Maria Rivier, Fundador da Congregação – FESTA
* Na Congregação da Missão e na Companhia das Filhas da Caridade – B. Josefina Nicola, virgem – MO
* I Vésp. do domingo – Compl. dep. I Vésp. dom.

 

Missa

 

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 105, 47
Salvai-nos, Senhor nosso Deus, e reuni-nos de todas as nações,
para dar graças ao vosso santo nome
e nos alegrarmos no vosso louvor.


ORAÇÃO COLECTA
Concedei, Senhor nosso Deus,
que Vos adoremos de todo o coração
e amemos todos os homens com sincera caridade.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


LEITURA I 1 Reis 3, 4-13
«Dai, ao vosso servo um coração inteligente,
para governar o vosso povo»

À oração humilde nada egoísta e cheia de confiança de Salomão Deus responde com o que o rei Lhe pedia e ainda muito para além do que ele pedia. Salomão pede o mais importante para a sua nova missão, e que o é também para a vida de qualquer homem: a sabedoria, que lhe aponte sempre o caminho.

Leitura do Primeiro Livro dos Reis
Naqueles dias o rei Salomão foi oferecer sacrifícios a Gabaon, porque era o principal dos altos lugares sagrados; Salomão ofereceu mil holocaustos sobre aquele altar. Em Gabaon, durante a noite, o Senhor apareceu em sonhos a Salomão e disse-lhe: «Pede-Me o que quiseres». Salomão respondeu: «Vós manifestastes grande benevolência para com o vosso servo David, meu pai, porque ele andou na vossa presença com fidelidade, justiça e rectidão de coração. Mantivestes com ele tão grande benevolência que lhe destes um filho para suceder no seu trono, como acontece neste dia. Senhor, meu Deus, Vós fizestes reinar o vosso servo em lugar do meu pai David e eu sou muito novo e não sei como proceder. Este vosso servo está no meio do povo escolhido, um povo imenso, inumerável, que não se pode contar nem calcular. Dai, portanto, ao vosso servo um coração inteligente, para saber distinguir o bem do mal; pois, quem poderia governar este vosso povo tão numeroso?». Agradou ao Senhor esta súplica de Salomão e disse-lhe: «Porque foi este o teu pedido e já que não pediste longa vida, nem riqueza, nem a morte dos teus inimigos, mas sabedoria para praticar a justiça, vou satisfazer o teu desejo. Dou-te um coração sábio e esclarecido, como nunca houve antes de ti nem haverá depois de ti. Dar-te-ei também o que não pediste: dou-te riqueza e glória, de modo que, durante a tua vida, não haverá, entre os reis, ninguém como tu».
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 118 (119), 9 e 10.11 e 12.13 e 14 (R. 12b)
Refrão: Ensinai-me, Senhor, os vossos mandamentos. Repete-se

Como há-de o jovem manter puro o seu caminho?
Guardando as vossas palavras.
De todo o coração Vos procuro,
não me deixeis afastar dos vossos andamentos. Refrão

Conservo a vossa palavra dentro do coração,
para não pecar contra Vós.
Bendito sejais, Senhor,
ensinai-me os vossos decretos. Refrão

Enuncio com os meus lábios
todos os juízos da vossa boca.
Sinto mais alegria em seguir as vossas ordens
do que em todas as riquezas. Refrão


ALELUIA Jo 10, 27
Refrão: Aleluia Repete-se
As minhas ovelhas escutam a minha voz, diz o Senhor;
Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me. Refrão


EVANGELHO Mc 6, 30-34
«Eram como ovelhas sem pastor»

O título de pastor, atribuído a Jesus, recebe a sua justificação na observação do evangelista ao interpretar os sentimentos do coração do Senhor vendo as multidões que O seguiam. Mestre e discípulos, todos manifestam, desde o início, que o mistério de Jesus consiste fundamentalmente em Ele ser a revelação aos homens do amor de Deus por eles. E, em poucas linhas, podemos ter o quadro da vida de Jesus com os Apóstolos e a multidão do povo: a intimidade do Senhor com o grupo dos Doze em ordem à formação dos mesmos, a actividade intensa da vida pública de Jesus e dos Apóstolos, o entusiasmo do povo pelo Senhor, a sua disponibilidade apesar da fadiga, por fim, os sentimentos profundos de Jesus perante esse povo, errante e faminto. É assim que Deus olha para os homens, e deseja ser por eles procurado.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos
Naquele tempo, os Apóstolos voltaram para junto de Jesus e contaram-Lhe tudo o que tinham feito e ensinado. Então Jesus disse-lhes: «Vinde comigo para um lugar isolado e descansai um pouco». De facto, havia sempre tanta gente a chegar e a partir que eles nem tinham tempo de comer. Partiram, então, de barco para um lugar isolado, sem mais ninguém. Vendo-os afastar-se, muitos perceberam para onde iam; e, de todas as cidades, acorreram a pé para aquele lugar e chegaram lá primeiro que eles. Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e compadeceu-Se de toda aquela gente, porque eram como ovelhas sem pastor. E começou a ensinar-lhes muitas coisas.
Palavra da salvação.


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Apresentamos, Senhor, ao vosso altar
os dons do vosso povo santo;
aceitai-os benignamente
e fazei deles o sacramento da nossa redenção.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 30, 17-18
Fazei brilhar sobre mim o vosso rosto,
salvai-me, Senhor, pela vossa bondade
e não serei confundido por Vos ter invocado.

Ou Mt 5, 3-4
Bem-aventurados os pobres em espírito,
porque deles é o reino dos Céus.
Bem-aventurados os humildes,
porque possuirão a terra prometida.


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Fortalecidos pelo sacramento da nossa redenção,
nós Vos suplicamos, Senhor,
que, por este auxílio de salvação eterna,
cresça sempre no mundo a verdadeira fé.
Por Nosso Senhor.

 

Santo

S. BRÁS, bispo e mártir

 

S. ANSCÁRIO (ÓSCAR), bispo

 

 

Martirológio

São Brás, bispo e mártir, que padeceu pela fé cristã em Sebaste, na antiga Arménia, hoje Sivas, na Turquia, sob o mandato do imperador Licínio.

Santo Óscar (ou Anscário), bispo de Hamburgo e depois também de Bremen, na Saxónia, actualmente na Alemanha, que, tendo sido monge de Corbie, foi legado do papa Gregório IV nas missões de toda a Escandinávia; anunciou o Evangelho a multidões de pessoas e estabeleceu a Igreja de Cristo na Dinamarca e na Suécia, superando com grande fortaleza de ânimo numerosas dificuldades, até que, em Bremen, descansou dos seus trabalhos.

 

3.   Em Jerusalém, a comemoração dos santos Simeão, ancião justo e piedoso, e Ana, viúva e profetiza, que no dia em que o Menino Jesus foi levado ao templo para ser apresentado segundo o costume da lei de Moisés, O mereceram saudar como o Messias e Salvador, esperança e redenção de Israel.

4.   Em Cartago, na hodierna Tunísia, São Celerino, leitor e mártir, que, atribulado no cárcere com açoites e cadeias e outros tormentos, professou invencivelmente a fé em Cristo, seguindo o exemplo da sua avó Celerina já anteriormente coroada com o martírio, do seu tio paterno Lourenço e de seu tio materno Inácio, os quais, tendo sido antes soldados no exército, se tornaram soldados do verdadeiro Deus e, com a sua gloriosa paixão, alcançaram as palmas e coroas do Senhor.

5*.   Em Poitiers, na Aquitânia, hoje na França, São Leónio, presbítero, que, segundo a tradição, foi discípulo de Santo Hilário.

6.   Em Gap, cidade da Provença, actualmente na França, os santos Terídio e Remédio, bispos.

7.   Em Lião, na Gália Lionense, também na actual França, São Lupicino, bispo, no tempo da perseguição desencadeada pelos Vândalos.

8*.   No mosteiro de Celles, no Hainault, na actual Bélgica, Santo Adelino, presbítero e abade.

9*.   Em Chester, Mércia, região da Inglaterra, Santa Vereburga, abadessa de Ely, que fundou muitas casas de vida religiosa.

10*.   Em Meerbecke, no Brabante, hoje na Bélgica, Santa Berlinda, virgem, que nesta cidade se consagrou à vida religiosa de pobreza e caridade.

11*.   No mosteiro cisterciense de Froidmont, no território de Beauvais, na França, a comemoração do Beato Helinando, monge, que era um célebre trovador e se entregou depois à vida humilde e oculta no claustro.

12*.   Em Londres, na Inglaterra, o Beato João Nélson, presbítero da Companhia de Jesus e mártir, que, por ter negado o poder supremo de Isabel I nas questões espirituais, foi condenado à pena capital e morreu enforcado na praça de Tyburn.

13*.   Em Lyon, na França, Santa Maria de Santo Inácio (Cláudina Thévenet), virgem, que, movida pelo ardor da caridade e fortaleza de ânimo, fundou a Congregação das Irmãs de Jesus e Maria, destinada à formação cristã das jovens, sobretudo das mais pobres.

14*.   Em Bourg-Saint-Andéol, no território de Viviers, na França, a Beata Maria Ana Rivier, virgem, que, durante a Revolução Francesa, quando tinham sido extintas todas as Ordens e Congregações religiosas, fundou a Congregação das Irmãs da Apresentação de Maria para instruir na fé o povo cristão.

15*.   Na povoação de Steyl, na Holanda, a Beata Maria Helena Stollenwerk, virgem, que colaborou com Santo Arnaldo Janssen na fundação da Congregação das Missionárias Servas do Espírito Santo e, depois de ter deixado a função de superiora, se entregou com grande fervor de alma à adoração perpétua.

16♦.   Em Dachau, perto de Munique, na Alemanha, o Beato Aloísio Andritzki, presbítero e mártir, assassinado durante o domínio de um regime hostil a Deus e à dignidade humana.