Liturgia diária

Agenda litúrgica

2018-05-07

SEGUNDA-FEIRA da semana VI

Branco – Ofício da féria.
Missa da féria, pf. pascal.

L 1 Act 16, 11-15; Sal 149, 1-2. 3-4. 5-6a e 9b
Ev Jo 15, 26 – 16, 4a

* Na Diocese de Portalegre-Castelo Branco – Aniversário da Dedicação da Igreja Catedral. Na Sé – SOLENIDADE (transferida); nas outras igrejas da Diocese – Ofício e Missa da féria.
* Na Ordem Agostiniana – B. Maria de S. José Alvarado, virgem – MF
* Na Congregação dos Missionários Monfortinos – B. Maria Luísa Trichet, virgem, co-fundadora das Filhas da Sabedoria – MO
* Na Congregação das Servas de Maria – I Vésp. de Nossa Senhora, Saúde dos Enfermos.
* No Instituto das Filhas da Caridade Canossianas – I Vésp. de S. Madalena de Canossa.

 

Missa

 

ANTÍFONA DE ENTRADA Rom 6, 9
Cristo, ressuscitado de entre os mortos, já não pode morrer. A morte não tem domínio sobre Ele. Aleluia.


ORAÇÃO COLECTA
Nós Vos pedimos, Deus misericordioso, que os dons recebidos neste tempo pascal dêem fruto abundante em toda a nossa vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


LEITURA I Actos 16, 11-15
«O Senhor abriu-lhe o coração, para aderir ao que Paulo dizia»

Começamos hoje a ler nos Actos dos Apóstolos a expansão missionária do Evangelho na Europa. Paulo passa da Ásia à Grécia. Começam a ouvir-se os nomes clássicos, de nós conhecidos pelos livros da antiga cultura grega. Esses antigos impérios estão em declínio. A sabedoria humana não chega para levar os homens ao conhecimento de Deus. Aparece agora a “loucura da Cruz”. E é uma mulher simples, negociante de púrpura, que escuta Paulo no meio de um grupo à beira de um rio, a primeira a quem o Senhor abre o coração à fé. Será a primeira cristã da Europa?

Leitura dos Actos dos Apóstolos
Naqueles dias, deixámos Tróade e navegámos directamente para Samotrácia. No dia seguinte, fomos para Neápoles e de lá para Filipos, cidade principal daquela região da Macedónia e colónia romana. Estivemos nesta cidade durante alguns dias. No sábado, saímos pelas portas da cidade, em direcção à margem do rio, onde julgávamos que havia um lugar de oração. Sentámo-nos e começámos a falar às mulheres ali reunidas. Uma delas, chamada Lídia, escutava-nos com atenção; era negociante de púrpura, natural da cidade de Tiatira, e adorava o verdadeiro Deus. O Senhor abriu-lhe o coração, para aderir ao que Paulo dizia. Quando recebeu o Baptismo, juntamente com toda a sua família, fez-nos este pedido: «Se me considerais fiel ao Senhor, vinde hospedar-vos em minha casa». E obrigou-nos a aceitar.
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 149, 1-2.3-4.5-6a.9b (R. 4a ou Aleluia)
Refrão: O Senhor ama o seu povo. Repete-se
Ou: Aleluia. Repete-se

Cantai ao Senhor um cântico novo,
cantai ao Senhor na assembleia dos santos.
Alegre-se Israel em seu Criador,
rejubilem os filhos de Sião em seu Rei. Refrão

Louvem o seu nome com danças,
cantem ao som do tímpano e da cítara,
porque o Senhor ama o seu povo,
coroa os humildes com a vitória. Refrão

Exultem de alegria os fiéis,
cantem jubilosos em suas casas;
em sua boca os louvores de Deus.
Esta é a glória de todos os seus fiéis. Refrão


ALELUIA Jo 15, 26b.27a
Refrão: Aleluia Repete-se

O Espírito da verdade dará testemunho de Mim,
diz o Senhor,
e vós também dareis testemunho. Refrão


EVANGELHO Jo 15, 26 ___ 16, 4a
«O Espírito da verdade dará testemunho de Mim»

O Espírito Santo dará aos discípulos a compreensão profunda do mistério de Cristo, e a pregação deles a sua força e a sua verdade. Apesar disso, eles hão-de ser perseguidos. Mas a Ressurreição há-de fazer-lhes compreender o sentido dos acontecimentos da vida terrestre de Jesus, e consequentemente também o das suas próprias vidas.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Quando vier o Paráclito, que Eu vos enviarei de junto do Pai, o Espírito da verdade, que procede do Pai, Ele dará testemunho de Mim. E vós também dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio. Disse-vos estas palavras para não sucumbirdes. Hão-de expulsar-vos das sinagogas; e mais ainda, aproxima-se a hora em que todo aquele que vos matar julgará que presta culto a Deus. Procederão assim por não terem conhecido o Pai, nem Me terem conhecido a Mim. Mas Eu disse-vos isto, para que, ao chegar a hora, vos lembreis de que vo-lo tinha dito».
Palavra da salvação.


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Aceitai, Senhor, os dons da vossa Igreja em festa; Vós que lhe destes tão grande alegria, fazei-a tomar parte na felicidade eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Prefácio pascal


ANTÍFONA DA COMUNHÃO Jo 20, 19
Jesus apareceu aos seus discípulos e disse-lhes:
A paz esteja convosco. Aleluia.


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Olhai com bondade, Senhor, para o vosso povo e fazei chegar à gloriosa ressurreição da carne aqueles que renovastes com os sacramentos de vida eterna. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

 

 

Martirológio

1.   Em Roma, a comemoração de Santa Domitila, mártir, que era sobrinha do cônsul Flávio Clemente e, na perseguição do imperador Domiciano, acusada de ter renegado os deuses pagãos, pelo seu testemunho de fé em Cristo foi deportada com outros fiéis para a ilha de Ponza, onde sofreu um longo martírio.

2.   Em Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na Turquia, os santos Flávio e quatro companheiros, mártires.

3*.   Em Le Mans, na Gália, hoje na França, São Cenerico, diácono e monge, que, depois de visitar os sepulcros dos santos Martinho de Tours e Julião de Le Mans, passou a vida em solidão e austeridade.

4.   Em Beverley, na Nortúmbria, na actual Inglaterra, o passamento de São João, bispo de Hexham e depois bispo de York, que associou excelentemente o ministério pastoral com a oração solitária e, renunciando à função episcopal, passou o resto da sua vida no mosteiro que fundara neste lugar.

5*.   No mosteiro de Niedenburg, na Baviera, região da Alemanha, a Beata Gisela, que, casada com Santo Estêvão, rei da Hungria, ajudou o esposo na obra da propagação da fé e, depois da morte do rei, privada de todos os seus bens e exilada da corte real, se recolheu neste mosteiro, do qual foi depois abadessa.

6*.   Em Kiev, na Ucrânia, Santo António, eremita, que seguiu no mosteiro das Grutas a vida monástica que aprendera no Monte Athos.

7*.   Em Cremona, na Lombardia, região da Itália, o Beato Alberto de Bérgamo, agricultor, que suportou pacientemente as repreensões da esposa por causa da sua grande liberalidade para com os pobres e, obrigado a deixar as terras, viveu na pobreza como irmão da Penitência de São Domingos.

8*.   Em Roma, Santa Rosa Veneríni, virgem de Viterbo, que, juntamente com as Piedosas Mestras, abriu as primeiras escolas na Itália para a instrução da juventude feminina.

9.   Em Génova, na Itália, Santo Agostinho Roscélli, presbítero, que, para a formação das jovens, fundou a Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição da Bem-aventurada Virgem Maria.

10♦.   Em Turim, ciade da Itália, o Beato Francisco Paleári, presbítero do Instituto Cottolengo, que se dedicou aos pobres e aos enfermos na Pequena casa Divina e ao ensino, distinguindo-se pela sua afabilidade e paciência.