Liturgia diária

Agenda litúrgica

2018-06-09

SÁBADO da semana IX

Imaculado Coração da Virgem Santa Maria – MO
Branco – Ofício da memória.
Missa da memória.

L 1 2 Tim 4, 1-8; Sal 70 (71), 8-9. 14-15ab. 16-17. 22
ou Is 61, 9-11; Sal 1 Sam 2, 1. 4-5. 6-7. 8abcd (apropriada)
Ev Lc 2, 41-51 (próprio)

* Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – Imaculado Coração da Virgem Santa Maria, Padroeira da Província – SOLENIDADE
* Na Companhia de Jesus – S. José de Anchieta, presbítero – MF
* Na Congregação do Espírito Santo e na Congregação dos Sagrados Corações – Imaculado Coração da Virgem Santa Maria, Titular das Congregações – FESTA e SOLENIDADE
* Na Congregação dos Missionários do Coração de Maria – Imaculado Coração da Virgem Santa Maria, Titular e Padroeira da Congregação – SOLENIDADE
* Nas Irmãs Missionárias do Espírito Santo – Imaculado Coração da Virgem Santa Maria – FESTA
* No Instituto dos Servos do Coração Imaculado de Maria e no Instituto das Servas do Coração Imaculado de Maria – Imaculado Coração da Virgem Santa Maria, Padroeira dos Institutos – SOLENIDADE
* Nas Dioceses de Cabo Verde – Ofício e Missa da féria.
* I Vésp. do domingo – Compl. dep. I Vésp. dom.

 

 

Santo

S. EFRÉM, diácono e doutor da Igreja

 

IMACULADO CORAÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA

 

 

Martirológio

Santo Efrém, diácono e doutor da Igreja, que exerceu o ministério da pregação e do ensino da doutrina sagrada primeiramente em Nísibe, sua pátria; depois, refugiando-se com os seus discípulos em Edessa, no Osroene, hoje na Turquia, após a invasão de Nísibe pelos Persas, aí estabeleceu os fundamentos de uma escola teológica. Consagrou-se ao ministério com a palavra e com os escritos e tornou-se tão célebre pela sua austeridade de vida e doutrina espiritual, que mereceu, pelos excelentes hinos que compôs, ser chamado a cítara do Espírito Santo.

 

2.   Na Via Nomentana, a quinze milhas de Roma, no lugar chamado “Ad Arcas”, os santos Primo e Feliciano, mártires.

3.   Em Niceia, na Bitínia, hoje Ä°znik, na Turquia, São Diomedes, mártir.

4.   Em Vernemet, no território de Agen, na Aquitânia, hoje na França, São Vicente, mártir, que, segundo a tradição, consumou o seu martírio pelo nome de Cristo durante uma festa pagã dos gentios em honra do sol.

5.   Em Siracusa, na Sicília, região da Itália, São Maximiano, bispo, que é mencionado frequentemente pelo papa São Gregório Magno.

6.   Em Iona, ilha da Escócia, São Colomba ou Colum Cille, presbítero e abade, natural da Irlanda e instruído nos preceitos monásticos, que fundou na sua pátria e depois em Iona vários mosteiros insignes pela observância religiosa e pela cultura literária, até que, já ancião, esperou serenamente o seu último dia e diante do altar descansou no Senhor.

7.   Em Ândria, na Apúlia, região da Itália, São Ricardo, bispo, natural da Inglaterra e célebre pela sua virtude, que acolheu condignamente as relíquias dos santos Erasmo e Ponciano.

8*.   Em Londres, na Inglaterra, o Beato Roberto Salt, mártir, monge da Cartuxa desta cidade, que, pela fidelidade à Igreja firmemente conservada contra o rei Henrique VIII, foi detido no cárcere de Newport, onde morreu de fome.

9*.   Em Retiriba, no Brasil, São José de Anchieta, presbítero da Companhia de Jesus, natural das Ilhas Canárias, que se consagrou intensa e frutuosamente durante quase todo o tempo da sua vida ao trabalho missionário no Brasil.

10*.   Ao largo de Rochefort, na França, o Beato José Imbert, presbítero e mártir, da Companhia de Jesus, que, durante a Revolução Francesa, foi nomeado pelo papa Pio VI vigário apostólico de Molins e, encerrado num barco-prisão em ódio à Igreja, aí morreu contagiado por uma infecção mortal.

11*.   Em Roma, a Beata Ana Maria Taigi, mãe de família, que, maltratada pela violência do esposo, perseverou fielmente a cuidar dele e a ocupar-se da educação dos sete filhos, sem omitir nunca a solicitude espiritual e material pelos pobres e doentes.

12♦.   Em Turim, na Itália, o Beato Luís Boccardo, presbítero da diocese de Turim, fundador do Instituto das Filhas de Jesus Rei.