Liturgia diária

Agenda litúrgica

2020-03-18

QUARTA-FEIRA da semana III

Roxo – Ofício da féria.
Missa da féria, pf. da Quaresma.

L 1 Deut 4, 1. 5-9; Sal 147, 12-13. 15-16. 19-20
Ev Mt 5, 17-19

* Pode celebrar-se a memória de S. Cirilo de Jerusalém, bispo e doutor da Igreja, como se indica na p. 33, n.º 8.
* I Vésp. de S. José, Esposo da Virgem Santa Maria – Compl. dep. I Vésp. dom.

 

Missa

 

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 118, 133
Firmai os meus passos segundo a vossa promessa
e livrai-me de toda a iniquidade.


ORAÇÃO COLECTA
Concedei-nos, Senhor, que, instruídos pela observância quaresmal e alimentados pela vossa palavra, nos consagremos totalmente a Vós e perseveremos unidos na oração. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


LEITURA I Deut 4, 1.5-9
«Observai e ponde em prática os preceitos do Senhor»

Depois de nos terem sido apresentados, nos dias anteriores, o tema do Baptismo e o da penitência, apresenta-se hoje o tema dos mandamentos: filhos de Deus, havemos de viver nos caminhos de Deus que a sua própria palavra nos indica. É essa palavra que fará do povo de Deus ‘o povo tão sabedor e tão inteligente’, como não há outro, porque é a palavra de Deus o seu mestre e o seu guia.

Leitura do Livro do Deuteronómio
Moisés falou ao povo, dizendo: «Agora, Israel, escuta os preceitos que vos dou a conhecer e põe-nos em prática, para que vivais e entreis na posse da terra que vos dá o Senhor, Deus dos vossos pais. Ensinei-vos estas leis e preceitos, conforme o Senhor, meu Deus, me ordenara, a fim de os praticardes na terra de que ides tomar posse. Observai-os e ponde-os em prática, porque eles serão a vossa sabedoria e a vossa prudência aos olhos dos povos, que, ao ouvirem falar de todas estas leis, dirão: ‘Que povo tão sábio e prudente é esta grande nação!’. Qual é, na verdade, a grande nação que tem a divindade tão perto de si como está perto de nós o Senhor, nosso Deus, sempre que O invocamos? E qual é a grande nação que tem mandamentos e decretos tão justos como esta lei que hoje vos apresento? Mas tende cuidado; prestai atenção para não esquecer tudo quanto viram os vossos olhos, nem o deixeis fugir do pensamento em nenhum dia da vossa vida. Ensinai-o aos vossos filhos e aos filhos dos vossos filhos».
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 147, 12-13.15-16.19-20 (R. 12a)
Refrão: Jerusalém, louva o teu Senhor Repete-se

Glorifica, Jerusalém, o Senhor,
louva, Sião, o teu Deus.
Ele reforçou as tuas portas
e abençoou os teus filhos. Refrão

Envia à terra a sua palavra,
corre veloz a sua mensagem.
Faz cair a neve como a lã,
espalha a geada como cinza. Refrão

Revelou a sua palavra a Jacob,
suas leis e preceitos a Israel.
Não fez assim com nenhum outro povo,
a nenhum outro manifestou os seus juízos. Refrão


ACLAMAÇÃO ANTES DO EVANGELHO cf. Jo 6, 63c.68c
Refrão: Glória a Vós, Senhor, Filho do Deus vivo. Repete-se
As vossas palavras, Senhor, são espírito e vida:
Vós tendes palavras de vida eterna Refrão


EVANGELHO Mt 5, 17-19
«Será grande quem praticar e ensinar os mandamentos»

Toda a palavra de Deus é lei para a nossa vida e luz para os nossos caminhos, mas é na palavra de Jesus, o Filho de Deus, Ele próprio a Palavra feita homem, que essa lei e essa luz se tornam mais claras e mais luminosas. Ele é a última Palavra. Neste tempo da Quaresma, o primeiro alimento que nos é proposto é precisamente a Palavra de Deus, porque, como o lembra logo no Primeiro Domingo a leitura do Evangelho, ‘nem só de pão vive o homem’, o que outro Evangelista completa, dizendo: ‘Mas de toda a palavra que sai da boca de Deus’.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim revogar, mas completar. Em verdade vos digo: Antes que passem o céu e a terra, não passará da Lei a mais pequena letra ou o mais pequeno sinal, sem que tudo se cumpra. Portanto, se alguém transgredir um só destes mandamentos, por mais pequenos que sejam, e ensinar assim aos homens, será o menor no reino dos Céus. Mas aquele que os praticar e ensinar será grande no reino dos Céus».
Palavra da salvação.


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS
Aceitai, Senhor, com estas ofertas as orações dos vossos fiéis e defendei de todos os perigos o povo que celebra estes santos mistérios. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Prefácio da Quaresma


ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 15, 11
O Senhor me ensinará o caminho da vida,
a seu lado viverei na plenitude da alegria.


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
Santificai-nos, Senhor, com o alimento recebido nesta mesa celeste, para que, livres de todos os erros, sejamos dignos das vossas promessas. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

 

 

Santo

S. CIRILO DE JERUSALÉM, bispo e doutor da Igreja

 

 

Martirológio

São Cirilo, bispo de Jerusalém e doutor da Igreja, que, tendo sofrido muitos ultrajes dos arianos por causa da fé e expulso várias vezes da sua sede episcopal, expôs admiravelmente aos fiéis a recta doutrina, a Escritura e os santos mistérios com homilias e catequeses.

2.   Comemoração de Santo Alexandre, bispo e mártir, que, tendo vindo da Capadócia para Jerusalém, exerceu o ministério pastoral nesta Cidade Santa, fundou uma excelente biblioteca e abriu uma escola. Mais tarde, durante a perseguição do imperador Décio, quando já brilhavam os cabelos brancos da sua veneranda velhice, foi conduzido a Cesareia da Palestina e aí sofreu o martírio pela fé em Cristo.

3.   Em Lucca, na Etrúria, hoje na Toscana, região da Itália, São Frigdiano, bispo, natural da Irlanda, que congregou clérigos num mosteiro, para benefício do povo desviou o curso do rio Sérchio, tornando mais fértil a terra, e converteu à fé católica os Lombardos que tinham invadido a região.

4.   Em Tours, cidade da Nêustria, actualmente na França, São Leobardo, que viveu recluso numa pequena cela próxima do mosteiro de Marmoutier, onde resplandeceu pela sua admirável abstinência e humildade.

5.   Em Saragoça, na Hispânia Tarraconense, São Bráulio, bispo, que ajudou Santo Isidoro, de quem foi grande amigo, a restaurar a disciplina eclesiástica em toda a Hispânia e foi seu digno sucessor na eloquência e sabedoria.

6.   Perto de Wareham, localidade da Inglaterra, Santo Eduardo, rei dos Ingleses, dolosamente assassinado ainda jovem pelos servos da madrasta.

7.   Em Mântua, na Lombardia, região da Itália, o passamento de Santo Anselmo, bispo de Lucca, fidelíssimo à Sé Romana, que, no conflito sobre as investiduras, restituiu ao papa Gregório VII o anel e o báculo pastoral que relutantemente recebera do imperador Henrique IV e, expulso da sua sede pelos cónegos que recusavam a vida comum, foi enviado à Lombardia como legado do papa, que encontrou nele um valioso colaborador.

8.   Em Cágliari, na Sardenha, São Salvador Grionesos de Horta, religioso da Ordem dos Frades Menores, que se tornou um humilde instrumento de Cristo para salvação dos corpos e das almas.

9*.   Em Lencastre, na Inglaterra, os beatos João Thules, presbítero, e Rogério Wrenno, oriundos do mesmo condado, mártires de Cristo no reinado de Jaime I.

10*.   No mosteiro de Saint-Sauveur-le-Vicomte, na Normandia, região da França, a Beata Marta (Amata Le Bouteiller), virgem das Irmãs das Escolas Cristãs da Misericórdia, que, animada pela sua plena confiança em Deus, desempenhou sempre com inalterável paciência os ofícios mais humildes.

11♦.   Em Florença, na Itália, a Beata Celestina da Mãe de Deus (Maria Ana Donáti), virgem, fundadora da Congregação das Filhas Pobres de São José de Calasans.